Olá! Me chamo Natalia e estou aqui estreando como colunista do Blog. 

Meu primeiro post será sobre o filme Mundos Opostos (Upside Down), com um dos atores que eu amo e acho extremamente fofinho (Jim Sturgess).

 O filme conta com a ficção de que com o Big Bang e toda a formação de planetas, um dos planetas a serem formados tem na verdade dois mundos, um em baixo e o outro em cima ou o outro em baixo e o um em cima como preferirem, e cada um deles tem sua própria gravidade, ou seja cada habitante ou objeto de cada mundo corresponde apenas a gravidade do seu mundo, e em relação ao outro mundo ele estaria de cabeça para baixo.

 O mundo de cima é mais rico e o mundo de baixo é mais pobre, e é estritamente proibido duas pessoas de mundos opostos se relacionarem. E é ai que começa nossa estória. Adam (Jim Sturgess) é do mundo de baixo, ele é órfão. Eden (Kisten Dunst) é do mundo de cima e ela é rica. Porém, em um belo dia de passeio, os dois se encontram no topo do mundo (de cada um dos mundos) e viram amigos. Essa amizade de infância cresce para uma paixão adolescente. Mas, como eu já havia dito, a relação de duas pessoas de mundos opostos é proibida e a policia do mundo de baixo acaba descobrindo o encontro dos dois e interferindo, causando um tremendo acidente na vida de Eden e exilando mais ainda Adam.

 Anos depois, eles se encontram na única empresa em que se é possível conviver com as pessoas dos dois mundos, porém graças ao acidente Eden não se lembra de Adam e agora ele tenta reconquistar sua amada quebrando todas as regras e visitando o mundo lá de cima.

 A trama do filme e a ficção são muito boas, mas apesar de ser uma estória clichê de romance este filme nada mais nada menos nos lembra que não existe força maior do que a gravidade, ao não ser o amor.


Ficha técnica

Título original: Upside Down
Elenco: Jim SturgessKirsten DunstTimothy Spall 
Direção: Juan Solanas
Gênero: Ficção científica , Romance , Suspense
Duração: 1h49min
Distribuidora: California Filmes

[Fonte da ficha: Adoro Cinema]


Trailer:






Deixe um comentário