"A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinônimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho relaciona-se mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós." f.t.


☞ A autora

 Em 16 de dezembro de 1775, nascia Jane Austen - hoje, uma das escritoras inglesas mais famosas. 

 Segunda mulher de sete irmãos, era filha do reverendo George Austen e de Cassandra Austen. Com oito anos, foi mandada para um internato, a fim de receber educação formal; quando voltou para casa, seu contato com os livros veio da biblioteca da família, que possuía um acervo com mais de 500 livros.

 Aos dezenove anos, Jane terminou Lady Susan. A autora escrevia comédias na adolescência. Razão e Sensibilidade e Orgulho e Preconceito, sua obra mais conhecida, foram finalizados em 1797. No entanto, um editor os recusou, deixando a obra a ser publicada apenas em 1811 e 1813, como "uma senhora".

 Quanto à romances na vida de Austen, temos o breve amor juvenil com Thomas Lefroy (parente irlandês de uma amiga de Austen), aos 20 anos. Em janeiro do ano seguinte, 1796, escreveu a sua irmã dizendo que tudo havia terminado, pois ele não podia casar por motivos econômicos. Pouco depois, uma tia de Lefroy tentou aproximar Jane do reverendo Samuel Blackall, mas ela não estava interessada. 

 Suas obras Emma, Mansfield Park e A abadia de Northanger, retratavam a sociedade da época e a busca da mulher pelo melhor casamento, como única forma de ascender socialmente. As aparências são apresentadas pelos diálogos e contradições dos personagens, em um texto repleto de ironia.

 Em 1800, seu pai mudou-se para Bath, coisa que Jane não aprovou. Nessa época, a família costumava ir à costa todos os verões, e foi em uma dessas viagens que Jane conheceu um homem. Após ir embora, eles decidiram se encontrar, mas o homem morreu. Tal coisa não aparece em nenhuma de suas cartas, mas, anos depois (muitos acreditam que sim), serviu de inspiração para Persuasion.

 Harris Bigg-Wither pediu Jane em casamento, e ela aceitou. Provavelmente, cancelou tudo no dia seguinte, e foi com Cassandra  (sua irmã) para Bath. Nem Jane, nem Cassandra Austen se casaram.

 Seu pai faleceu em 1805, deixando a esposa e filhas sem dinheiro. No ano seguinte, se mudaram para Southampton, facilitando a visita à seus irmãos Frank e Charles, ambos almirantes da marinha.

 Austen começou Persuasion em agosto de 1815, mas um ano depois os sintomas começaram . No início de 1817, iniciou Sanditon, porém, teve que abandonar a obra por seu estado de saúde. Para receber tratamento médico, foi levada a Winchester, onde faleceu em 18 de julho de 1817, vítima do mal de Addison. O romance Sanditon permaneceu inacabado.

Suas últimas palavras foram: "Não quero nada mais que a morte". Tinha apenas 41 anos.


☞ Obras

  • Razão e Sensibilidade 
  • Orgulho e Preconceito 
  • Mansfield Park 
  • Emma 
  • A Abadia de Northanger
  • Persuasão

* Alguns filmes, séries e documentários foram feitos sobre a autora. Clique aqui para conhecê-los.



Sites sobre a autora e suas obras / fontes:



Por Flávia Bergamin


Deixe um comentário