Atenção: conteúdo adulto. Leia por sua conta e risco.



Cinquenta Tons de Cinza, o primeiro de uma trilogia erótica escrita pela autora E. L. James, ficou conhecido como "porno para mamães" após o filme, que não mostrou muito. Visto isso, resolvemos fazer um top livros caliente, que vão fazer a obra de James parecer literatura infantil. 

Dica de música: Love Me Like You Do - Ellie Goulding



Toda Sua, de Sylvia Day: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.

Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado. Como eu disse são livros realmente quentes, e não é todo mundo que gosta. A escrita da autora é bem direta acompanhada de um linguajar adulto. Em breve venho fazer a resenha completa. 



 O Nome da Rosa, de Umberto Eco: Durante a última semana de novembro de 1327, em um mosteiro franciscano italiano, paira a suspeita de que os monges estejam cometendo heresias. O frei Guilherme de Baskerville é, então, enviado para investigar o caso, mas tem sua missão interrompida por excêntricos assassinatos. A morte, em circunstâncias insólitas, de sete monges em sete dias, conduz uma narrativa violenta, que atrai por seu humor, crueldade e sedução erótica.











Bruna Surfistinha, de Deborah Secco:  é a principal personalidade da internet brasileira hoje em dia. Seu blog (www.brunasurfistinha.com) é visitado diariamente por quase 15 mil internautas que se deliciam com os relatos picantes dos programas que ela faz com homens, mulheres e casais em seu flat. Todos os programas (que podem chegar a seis num dia!) são descritos e Bruna ainda criou uma cotação para o desempenho do cliente. 

 Bruna conta também em detalhes as festas que participou em clubes de swing. Sem medo de mostrar a cara, a garota de programa foi entrevistada em emissoras de rádio, programas de TV e revistas de circulação nacional. Só que muitas histórias ficaram guardadas e só são reveladas agora em 'O Doce Veneno do Escorpião'. Você vai conhecer detalhes reveladores da menina de classe média alta que trocou os finais de semana com a família no Guarujá para se prostituir aos 17 anos. 

 O livro traz ainda um diário secretíssimo de Bruna Surfistinha, com as histórias mais ousadas que ela não teve coragem de publicar no blog. O diário, com 36 páginas negras, vem lacrado. Por fim, Bruna também dá pequenas lições para uma mulher de como conquistar o homem - e jamais perdê-lo para uma garota de programa.




Um Comentário

  1. Oi Mariana!

    Bruna Surfistinha eu nem comento. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk
    Li Toda Sua também, nem sei o porquê na verdade. Não gosto muito desse estilo de livro, parece muito amor miojo sabe. Gosto quando tem história e tal, por isso costumo preferir os romances históricos.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir