Sinopse: Bianca sonha ser bailarina profissional e, através dessa paixão, vai descobrir um grande segredo: um novo mundo! Tudo é belo, aliciante, encantador... Mas, conhecendo cada vez melhor essa realidade, percebe que nem tudo é o que parece. Apesar do amor a levar a voar bem alto, ela é obrigada a tomar as decisões mais difíceis da sua vida. E, pensando que não podia piorar, apercebe-se que a sua maior aventura acabara de começar...


"Havia algo que me fascinava, mas não sabia explicar o quê."


 Respire. Se você está achando que o livro fala apenas do amor da Bianca por ballet está REDONDAMENTE ENGANADO. O livro é muito mais do que apenas isso.


 Em primeira, somos apresentados à Bianca, a garota que sonha em ser bailarina profissional. Conhecemos sua vida pacata, seus pais, seu irmão, seu trabalho e o dia-a-dia do colégio. Logo no início, Bianca é a protagonista de um grande espetáculo em sua escola e o assunto preferido nos corredores da vida. No entanto, sua vida passa a não ser tão normal como antes e coisas estranhas começam a aparecer...

 De um jeito não convencional, ela conhece Roberto; um "garoto" mais do que perfeito - o que é assustador. Na aula, no trabalho, em casa e em qualquer lugar para que ela fosse, ele era o assunto, a imagem que seu cérebro processava. 

 Eles se tornam conhecidos, já que ele não a deixava em paz, e a proximidade com que ficaram fez com que Bianca se apaixonasse por ele. Sem ninguém saber, a garota antes certinha acredita que ele possa ser sua melhor companhia, e que nenhum mal à fará. Porém, não é bem assim que as coisas procedem.

 Noite sim, noite não, Roberto aparecia em sua casa, as escondidas, para passar o tempo com ela e conhecê-la melhor. Ele a conhece; ela nem tanto. E é ai que dúvidas surgem: como ela pode namorar um garoto que, apesar de incrível, não é capaz de revelar a própria idade? Algumas vezes, ele mandava um amigo, Rafael, avisar Bianca de que ele não poderia vir, por estar com problemas em casa ou doente. Seria uma coisa normal se não se repetisse tanto e fizesse Bianca desconfiar de algo estaria errado.

 Conforme as coisas iam acontecendo, Roberto achou que seria melhor contar à ela quem realmente era e porquê agia de tal forma. Mostrou-lhe onde morava, o que fazia e sim, lhe contou a idade. No entanto, o outro lado dele, após ser mostrado, não pode ser desvisto. Bianca o conhecera e se apaixonara por ele, agora teria de aceitá-lo. 




"Ás vezes o verdadeiro amor só nos bate à porta uma vez."


 É incrível como o decorrer das páginas faz você se apaixonar por algo totalmente diferente. Quem, em sã consciência, diria que eu leio romances? Pois vejam, este é o segundo e realmente adorei a prosa de Renata Falcão.

Já faz um bom tempo que recebi o livro "Bianca", da Editora Chiado e decidi lê-lo. De primeira, não achei que fosse ser um livro agradável, afinal não sou fã de ballet, mas é incrível como me apaixonei pela história. 

 Vamos começar pelo ápice, ou seja, o mistério do Roberto, que é algo totalmente imprevisível. Você pensa milhões e milhões de coisas e no fim BUUM!, é completamente diferente. A pulga atrás da orelha começa quando eles se conhecem, e ela percebe que (a) ele é lindo, (b) é completamente apaixonado por ela e (c) é muito, mas muito incrível.


 Já não podemos dizer o mesmo de Bianca, que sai as escondidas com um 'estranho', não conta à ninguém, mente aos pais e se mete em uma furada daquelas. No entanto, os primeiros atos dela no livro fazem você repensar no que faz. Um exemplo é o amor dela por ballet. A rotina se resume em acordar, estudar, trabalhar, ensaiar e dormir. É puxado, como ela mesma diz, e cansativo. Mas quando se quer algo, precisa se esforçar para conseguir; e ela o faz. Me impressionei muito com ela, que apesar de fazer coisas sem pensar, corre atrás de seu sonho.

 Os personagens secundários levam bastante crédito quanto à minha admiração pelo livro. A Sandra e a Carolina, ambas melhores amigas de Bianca, mostram um típico trio de amigas, mas muito interessante. Dani, o melhor amigo dela, também é um que chama bastante atenção. Já o Marco e o Jorge, que trabalham na pastelaria com Bianca, dão o toque final a vida dela. E é claro que mais alguém além do Roberto gostaria dela, o que faz com que o livro tenha "problemas adolescentes", mostrando o lado normal da história. E, por fim, temos Amanda, uma grande amizade que Bianca consegue através do Roberto.

 E por falar em amizades através de Roberto, Bianca consegue "inimigos" também, que provocam uma grande dor em seu coração - e no do leitor também.


 É impossível você não se apaixonar por algum personagem quando se trata de "Bianca". Os acontecimentos são incríveis, a narrativa é ótima e a história... Nem se fala! Você realmente sente o que eles sentem e se emociona com isso. Eu, por exemplo, chorei tanto na morte de (insira um nome aqui) como no final. Além de tudo, o livro trás frases inspiradores e lições do vida, o que eu não achei que teria.

 O único defeito que encontrei na obra foi a capa. Com suas 525 páginas, conforme você lia, o "miolo" do livro (aquela parte do lado que fica à mostra na estante), ia ficando amassada, dando ao livro um aspecto de "mal cuidado". Porém, isso não altera o conteúdo do obra.

 Agora reparem: O exemplar que recebi é em português de Portugal, o que apesar de difícil, fez a leitura se tornar engraçada - já que só faltou eu cair da cadeira com "Mota" (moto), "Cueca" (calcinha) e "sobrolho" (sobrancelhas). O bom é que agora conheço bastante coisa da pronuncia de la.

E, por fim, "Bianca" é um livro que merece ser reconhecido pela maravilha que é!



Ficha técnica

Título: Bianca
Autor: Renata Falcão
Editora: Chiado
Páginas: 525
Coleção: Viagens na Ficção
Gênero: Romance, Ação, Aventura
Nota: ★★★★★

Adquira o livro!




"A verdade ás vezes doía. E ele tinha razão."


Por Flávia Bergamin


Deixe um comentário