Aqueles que acompanham as redes sociais da distribuidora Paris Filmes sabem que eles estão investido pesado na divulgação do filme O Doador de Memórias, adaptação do best-seller “O Doador” de Lois Lowry. Ainda não conhece? O Sobre Sagas listou 12 motivos para você ir assistir esse filme nos cinemas. Confira:

SinopseO Doador de Memórias conta a história de um mundo perfeito, no qual todos são felizes. Quando Jonas faz 12 anos, é escolhido para ser o Receptor de Memórias da comunidade. Ele entra em treinamento com um velho homem, a quem chamam O Doador. Do Doador, Jonas aprende sobre dor, tristeza, guerra e todas as verdades infelizes do mundo "real", percebendo rapidamente que a comunidade vive em falsidade. Confrontado com a realidade, Jonas enfrenta escolhas difíceis sobre sua própria vida e seu futuro.


1 – A primeira distopia (Percursor do gênero Young adult)

O livro “O Doador de Memórias” foi uma das primeiras distopias. Um novo mundo foi criado, opressão, jogos de poder e temas familiares foram apresentados às pessoas que não conheciam o gênero. O livro é o grande precursor de todos os outros direcionados aos jovens-adultos, onde as distopias ganham vida.

2. Meryl Streep como vilã

A atriz que mais concorreu ao Oscar na história da cerimônia, Meryl Streep, está no elenco de O Doador de Memórias. Ela interpreta a chefe dos anciões e precisa fazer com que a comunidade siga as regras, para que a comunidade continue prosperando. Quando percebe que Jonas está querendo se rebelar, avisa que ele pode ser um perigo e envia Asher para acabar com a ameaça que Jonas pode transmitir para a comunidade.

3. Brenton Thwaites é um ator promissor

O ator de 24 anos, com cara de 16, está conquistando Hollywood. Brenton nasceu na Austrália e depois de formar na escola começou a atuar. Teve dois grandes papéis em séries australianas (Slide e Home and Away) e agora conquistou papéis em grandes produções contracenando com atores como Angelina Jolie, Ewan Mcgregor, Helen Hunt, Gerard Butler e agora com Meryl Streep e Jeff Bridges.

4. Elenco incrível

O elenco de O Doador de Memórias é dar inveja em muitas superproduções do cinema. O filme, além de trabalhar com atores promissores (Brenton Thwaites, Cameron Monaghan e Odeya Rush), conta com dois indicados ao Oscar (Meryl Streep e Jeff Bridges), o astro da série True Blood (Alexander Skarsgård), a atriz Katie Holmes e a ganhadora do Grammy, Taylor Swift.

5. Apresenta experiências importantes e fundamentais na vida

Você consegue imaginar sua vida sem sentimentos? Sem saber de todo o passado? Sem entender o que é uma amizade ou família? Na verdade, ninguém dentro da comunidade pode entender o que é isso. Somente o Doador e agora Jonas, ele vai conseguir sentir, ver e viver coisas que ninguém nunca sentiu e isso será a experiência mais importante de sua vida.

6. Músicas da trilha sonora

A trilha sonora do filme O Doador de Memórias conta com grandes nomes da música mundial. Pra começar, já foi lançado o clipe e o lyric vídeo da música “Ordinary Human”, do OneRepublic (https://www.youtube.com/watch?v=5vFseBbkUHc). Os americanos ainda colaboraram com “I Lived”, que também faz parte da trilha do filme. Já dupla pop, Capital Cities escreveu a música One Minute More, que também já foi lançada. Nomes como Tori Kelly, Jake Bugg e Bruno Major completam a trilha sonora, já disponível no iTunes, que segue o ritmo do filme “feel good” do filme.

7. Livro de muito sucesso

Lois Lowry já havia escrito um livro de muito sucesso, mas o reconhecimento veio com a história de “O Doador de Memórias”, lançado em 1993. Ele arrecadou mais de cinco prêmios importantes para a literatura, como a medalha de Newbery. O livro é tão importante que é obrigatório nas escolas americanas e rendeu mais de R$10 milhões de dólares.

8. A história nos faz sentir bem

Todo o conceito por trás da história é uma vida sem escolha e conhecimento. Mas em sua forma o filme te dá uma sensação boa, de alguém que corre atrás do que acredita. As memórias que Jonas começa a conhecer e sentir são lindas. E essas memórias são memórias que nos vivemos, como parte daqueles vídeos que nos emocionamos ao ver na internet.

9. Mostra que vale a pena você lutar pelo que acredita (você pode fazer a diferença)

A sociedade foi construída para nunca duvidar dos poderes e leis que são aplicadas e a vida sempre foi assim. Mas nunca devemos acreditar que não podemos fazer a diferença. Nossa própria capacidade é suficiente para acreditar e quando todos acreditam, é a hora de mudar. Esse é o pensamento de Jonas, ele pode fazer a diferença.

10. Mostra que cada indivíduo tem um papel importante na sociedade

A sociedade permitiu que somente uma pessoa soubesse de toda a história do mundo e a partir disso tudo foi mudado, incluindo todas as questões sociológicas de uma comunidade. Cada pessoa tem sua importância, não importa o gênero e a idade, cada um constitui a comunidade com sua função. Todas as pessoas são regradas e todas tem seu papel a cumprir.

11. Devemos conservar as amizades

Mesmo sua vida sendo inteira observada, algumas pessoas conseguem manter amizades verdadeiras.  Entre regras e submissões a amizade pode fazer você aflorar sensações, é nos amigos que podemos confiar e contar. Esse laço de amizade é apresentando em O Doador de Memórias, tanto entre Jonas e Fiona, quanto entre Jonas e Asher.

12. Diretor premiado

Phillip Noyce foi indicado a mais de 20 premiações de cinema e conta com títulos como “Colecionador de Ossos”, “Salt” e ainda episódios da série Revenge. O diretor já está acostumado a trabalhar com grandes nomes do filme, pois já dirigiu Angelina Jolie, Harrison Ford, Denzel Washington e agora trabalha com a atriz mais indicada ao Oscar na história do cinema, Meryl Streep.

Assista ao trailer original:




O Doador de Memórias chega aos cinemas em 11 de setembro.




Deixe um comentário