"O seu grande sonho está à venda?"

 Ganhei vários livros de uma prima da minha mãe e quis começar por esse. Geralmente, os livros que leio são Distopias e fantasias (ficção), então resolvi mudar. Alguns de vocês pediram para resenharmos livros diferentes aqui no blog, então lá vamos nós!

 Por mais que esteja ficção como gênero do livro, O Vendedor de Sonhos - O Chamado é, assim como Um Gato de Rua Chamado Bob, um livro de auto-ajuda. O começo não é lá as mil maravilhas, mas eu como leitora, gostei muito da mensagem por trás do livro.

 No inicio, um homem totalmente desconhecido salva a vida de um suicida. Ninguém sabe seu nome, origens, sua história. Com boas palavras, o chamado Vendedor de Sonhos não se revela às pessoas sobre seu verdadeiro eu, mas passa a chamar seguidores para 'vender sonhos'.



 "Quem é esse homem? O que ele quer? Ah ele é um louco!" é o preço que o Mestre tem a pagar. Tentando mostrar às pessoas a realidade, mostrar que a sociedade entrou em um caos total, arruma muitos inimigos e intrigas também. Mas ele não desiste. 

"— Eu respeito a sua dor e não posso elaborar nenhuma tese sobre ela. Sua dor é única, e é a única que você consegue realmente sentir. Ela te pertence e a mais ninguém."
 Por trás de cada pessoa que entra para o grupo, cada local que eles percorrem e cada palavra de Júlio César (nosso querido narrador), há um ensinamento sobre algo que será útil na vida de todas as pessoas. É exatamente por isso que algumas o julgam "sem sal" ou "sem graça". Pode ter certeza que algum ensinamento será escrito exatamente para você, basta você enxergá-lo -- o que muitos não fazem.

 O Vendedor de Sonhos é uma trilogia (O Chamado, A Revolução dos Anônimos e O Semeador de Ideias), mas não precisa ser lida na ordem. Acredito que aqueles gostam desse tipo de livro irão adorar a escrita de Cury. Já os que não são fãs podem ficar satisfeitos com os ensinamentos por trás de cada página. 

Eu super indico-o para vocês, leitores tão Livro.






Ficha técnica:

Nome: O Vendedor de Sonhos - O Chamado

Autor: Augusto Cury

Editora: Academia

Páginas: 295







Deixe um comentário