Hoje irei falar de amizades terminadas. Acho que todo mundo já teve um amigo, a quem se apegou, contou segredinhos e de uma hora a outra a amizade acabou e não teve outro jeito de recuperá-la. Bem, eu realmente tô nessa fase. Há uma amizade de praticamente 12 anos a quem eu estou engarrada e de uma hora pra outra aquele "gruda-gruda" todo acabou. Ninguém mais se ligou. Ninguém mandou mensagem. Ninguém me visitou. Ninguém veio atrás. A culpa? Culpa do orgulho, culpa do tempo, sei lá. Culpo a mim também por que, eu tenho outras amigas agora e ela são totalmente diferentes do que aquela que praticamente me "abandonou", minhas amigas me dão atenção, me ouvem, se importam comigo, coisa que com ela, não tá mais acontecendo. Isso não acontece só com amizade, com amor também, quantas pessoas se deixam, umas as outras no mundo, por falta de atenção, de orgulho excessivo em pedir desculpas? Acabo de ver, que nessa lama, escrevi um texto, que eu vou falar sobre amor, mas amor que vocês irão entender ao pé da letra, o amor não correspondido:


“Um dia você vai se deitar, e lembrar de tudo que passamos juntos. Sorrisos, choros, alegrias e tristezas. Vai se lembrar das nossas palhaçadas, das nossas brincadeiras, e aquelas gargalhadas sem fim. Quando apenas, uma novela. Que nunca se tornará realidade, nem comigo, e nem com você. Quando disserem meu nome, a imagem de nós dois é a primeira coisa que virá na tua cabeça. Quando estiver no tédio, e resolver revirar fotos passadas, as primeiras serão as nossas. E ai sim, você vai refletir, e pensar como eu sempre pensei. E acima de tudo, vai se arrepender como todos os meninos que fizeram o mesmo que você: Nunca valorizou. A única coisa que vai sobrar dentro de ti, é o arrependimento. De nunca ter pensado em mim como tal, de nunca ter olhado pra mim como eu sempre fui por dentro. Arrependimento por nunca ter interesse em saber como eu era por dentro. Arrependimento por nunca ter interesse em saber como eu estava a cada dia que passava. E como eu estava? Se um dia se preocupar, e quiser saber, como eu estive sempre, saiba que eu estive um caco. Eu estive quebrada por dentro. Porém, nada um amor correspondido não resolva. Eu sinceramente, do fundo do meu coração, te desejo toda sorte do mundo. Te desejo aquela menina dos seus sonhos. Porque por mais que eu tenha tamanho ódio por você, não consigo te desejar nenhum mal. Mas mesmo assim. SE um dia se preocupar de verdade, e quiser saber como estou hoje, fica tranquilo. Eu to bem. To amando, to sendo amada, to rindo, to chorando, to livre, livre de todo aquele seu amor, que você sempre esteve na dúvida entre amar, ou desprezar. E por maior azar de todos da minha parte, você escolheu por desprezar. Boa sorte, meu menino! E obrigada, por me ensinar que nem tudo é como nós planejamos. E desculpa, se hoje eu te causo muitos arrependimentos. Desculpa mesmo, de coração. Eu só queria conhecer a felicidade do teu lado. Eu só queria conhecer a felicidade junto a ti. Eu só queria te fazer feliz, só queria olhar pro lado, e te ver me ajudando. Eu juro, que todas as minhas intensões, eram as melhores possíveis. Desculpa. Eu só queria uma daquelas cenas lindas, perfeitas de novela em que um casal se apaixona, se ama, resolve se casar, ter filhos e envelhecer juntos. Mas realmente, como eu disse, é só, qualquer um nesse planeta. Nós temos que aprender a lidar com a realidade, e eu aprendi contigo.”


 E então, obrigada amiga(o) querida(o), eu passei muitos momentos contigo, mas a vida que segue e alguém tinha que ficar para trás. Amor, você que não foi correspondido, não se preocupe, com o tempo apanha mas também aprende a se defender. Você, que é apaixonado(a) por uma pessoa que não te liga, que não te da bola, não fica triste não, por que nesse mundão, duvido que ninguém vai cuidar desse pobre coração!



Tumblr: http://girlindelicada.tumblr.com/



Deixe um comentário