Um dos primeiros e mais renomados filmes do ator Robin Willians, Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society) é a minha estreia antiga desta semana.

 O filme conta a estória de jovens que estudam em uma escola ortodoxa apenas para meninos (em 1959) e como a vida tediosa e regrada deles muda após o ex-aluno e agora professor retornar ao colégio.

 O professor Mrs. Keating, passa a ensinar aos alunos não só literatura inglesa, mas também a como viver e a aproveitar a vida. "CARPE DIEM, aproveitam o dia e façam de sua vida uma coisa extraordinária". Ele encoraja os jovens a seguirem suas paixões individuais e assim os jovens, seguindo os passos de "seu capitão" retomam a Sociedade dos Poetas Mortos, onde garotos se reuniam para ler poemas.

 Infelizmente, como nada é perfeito, alguns dos pais dos alunos acabam não gostando deste encorajamento. Quando Neil, decide entrar numa peça de teatro e seu pai descobre, as coisas mudam de rumo e a escola se volta contra o "capitão", após o suicídio de Neil.

 O filme poderia ser considerado um belo drama, mas ao final podemos tirar uma bela lição dele "CARPE DIEM", sim crianças, aproveitem o dia, aproveitem o dia e colham seus frutos como o Mrs. Keating diz no filme, não vivam a mercê do que os outros querem que você seja, seja quem você quer ser, corram atras de seus sonhos e façam cada dia de suas vidas valerem a pena.











FICHA TÉCNICA - DEAD POETS SOCIETY

Título Original: Dead Poets Society
Lançamento: 28 de fevereiro de 1990 
Duração: 2h8min
Direção: Peter Weir 
Com: Robin Williams, Ethan Hawke, Robert Sean Leonard 
Gênero: Comédia Dramática

[Fonte da ficha: Adoro Cinema]






Deixe um comentário